O jornal que todo mundo lê
Publicidade
Economia
08/06/2018 - 10h19
Abono salarial 2016 pode ser retirado até 29 de junho
A quantia a receber é proporcional ao número de meses trabalhados e varia de R$ 80 a R$ 954
Foto: Arquivo Agência do Rádio Mais.

Por Cintia Moreira/ Agência do Rádio Mais


Aquelas pessoas que ainda não sacaram o abono salarial ano-base 2016 têm até o dia 29 de junho para resgatar o benefício. De acordo com o Ministério do Trabalho, mais de dois milhões de cidadãos com direito ao saque ainda não o fizeram.

A quantia a receber é proporcional ao número de meses trabalhados e varia de R$ 80 a R$ 954. Segundo o chefe de divisão do Abono Salarial do Ministério do Trabalho, Márcio Ubiratan Brito, o benefício é pago para quem trabalhou formalmente por pelo menos um mês em 2016.

“O Abono Salarial PIS/Pasep é destinado aos trabalhadores que, em 2016, trabalharam por pelo menos 30 dias, recebeu, em média, até dois salários mínimos e está cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos 5 anos”, afirmou Márcio Ubiratan Brito.

Os trabalhadores da iniciativa privada, vinculados ao Programa de Integração Social (PIS), devem retirar o dinheiro nas agências da Caixa Econômica Federal.

Para os funcionários públicos, vinculados ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), o benefício está disponível no Banco do Brasil. O chefe de divisão do Abono Salarial explica ainda o que o trabalhador deve fazer para verificar se tem direito ao benefício.

“Procurar uma agência da Caixa, se ele for de empresa privada, e Banco do Brasil, se ele for um servidor público. De imediato, fazer uma consulta para saber se esse benefício está disponível para ele ou, ainda, se esse benefício não foi disponibilizado na conta dele. Esse é o primeiro procedimento no decorrer do calendário”, explica Márcio.

Desde julho do ano passado, quando começou a ser pago o abono salarial referente ao ano anterior, mais de 22 milhões de trabalhadores receberam o dinheiro.



Confira Também


Publicidade

no Facebook