O jornal que todo mundo lê
Publicidade
Saúde
12/07/2018 - 11h42
Audiência Pública é realizada para esclarecer dúvidas em relação ao Samu
Conscientização e apoio da população são essenciais para que o serviço não tenha problemas
Foto Ascom PMP

Por Ascom PMP

Na última terça-feira (10) foi realizada uma Audiência Pública, no Auditório Geraldo Campos, com o objetivo de esclarecer dúvidas da população quanto ao funcionamento do Samu na cidade. Estiveram presentes representantes da prefeitura e do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde Rede de Urgência e Emergência da Macrorregião do Triângulo do Norte (Cistri).

 Na apresentação da Coordenadora da Atenção à Saúde da Prefeitura de Patrocínio, Noilma Passos, ela informou quais cidades integram a Região ampliada de Saúde Triângulo Norte, detalhou o funcionamento do serviço desde a Central de Regulação na cidade de Uberlândia até o atendimento prestado pelas Unidades de Resgate e explicou quais são os casos em que o serviço deve ser acionado.

Noilma apresentou os números de atendimentos nessa primeira semana, segundo ela “de 3 a 9 de julho foram registrados pela Central de Regulação 1.995 ligações, sendo desses 1,05% consideradas trote, 9,22% orientações médicas, 46,17% orientações não medicas, 22,51% houve queda de ligação e 21,05% resultaram em saída das unidades. Somente na região atendida pela base de Patrocínio, foram registradas 50 saídas de ambulância,  14 orientações médicas e 2 saídas de ambulância sem atendimento”.

No final a população pôde tirar suas dúvidas que foram respondidas por Noilma Passos, pelo secretário Bebé, pelo prefeito de Capinópolis, Cleidimar, pela assessora de Comunicação do Cistri, Priscila Barros e pela técnica de enfermagem do Samu, Karla Helena.

A conscientização e apoio da população são essenciais para que o serviço não passe por problemas, como o trote, além de ser crime, alguma vida pode deixar de ser atendida.

Para mais esclarecimentos canais foram disponibilizados, a Ouvidoria Municipal, pelo 0800 940 1825, a Secretaria Municipal de Saúde ou através do 192.




Confira Também


Publicidade

no Facebook