O jornal que todo mundo lê
Publicidade
Quem Somos
“Sem interesses individuais, sem ambições e sem entraves, queremos que a Gazeta de Patrocínio seja a própria voz representativa de Patrocínio.”
Sebastião Eloi, fundador

Somos a Gazeta de Patrocínio, uma empresa do Grupo Gráfica Real.

Hoje, ultrapassando as barreiras do tempo, são 78 anos de tradição na comunicação por Patrocínio e região. Um dos nossos produtos é o jornal impresso, que foi fundado pelo visionário Sebastião Eloi dos Santos, comunicador que teve uma trajetória profissional de sucesso. Maçom, foi eleito vereador por duas vezes, além de ter participado ativamente da Academia Patrocinense de Letras.

Em 2009, o empresário do ramo gráfico Maurício Cunha, diretor do Grupo Gráfica Real, adquiriu o mesmo. Desde então, o Jornal vem se superando.

Em tempos de informações na velocidade da luz nunca foi tão importante ser um bom comunicador, para isso apresentamos o nosso novo produto o “Gazeta na Web” para levar em tempo real as notícias sobre o cotidiano de Patrocínio, agora divulgando também as regionais e nacionais.

O portal irá preservar os valores do jornal impresso e se empenhar em levar um conteúdo que contribua de forma efetiva no desenvolvimento cultural e informativo da sociedade patrocinense.

No término da década de 30, em Patrocínio-MG, o jovem Sebastião Eloi dos Santos decidiu, numa visão empreendedora e criativa, dar à sua cidade natal um veículo que pudesse registrar em suas páginas a história do desenvolvimento de quase um século de história. O mestre da caneta dentre muitas coisas foi co-fundador da Rádio Difusora, membro e fundador da Academia Patrocinense de Letras, escritor, historiador e foi o fundador da Gazeta de Patrocínio que teve sua estréia no dia dois de outubro de 1938.

Na época, a pouca quantidade recursos fazia com que Sebastião Eloi e sua família produzissem a Gazeta de forma artesanal semanalmente. E foi assim por um longo tempo, mas suas poucas páginas e sua produção não profissionalizada, não o impediu de seguir sua visão.


“Surgiu para mostrar Patrocínio, para apontar a terra de riquezas e a cidade progressista. Queremos fazer das nossas colunas reflexos da vida de Patrocínio, com as suas vitórias, as suas esperanças e as suas realizações. O nosso jornal não tem exclusividades nem preterencias. Pertence ele todo inteiro, a quem quiser, dentro da verdade e da justiça, colaborar para a grandeza intelectual ou para o progresso material de Patrocínio.”

Sebastião Eloi dos Santos, fundador.


Durante todos esses anos o jornal passou por diversas mudanças, desde gráficas até mudanças no corpo de colaboradores da empresa. E no ano de 1975 a administração do jornal foi passada para a Marta Eloi dos Santos, irmã de Sebastião Eloi, foi professora do curso de História na FAFI, atual UNICERP, escritora e também cronista e revisora da Gazeta de Patrocínio. Em 1984 ela dividiu a administração com José Eloi dos Santos Neto, sobrinho de Sebastião Eloi, que em 1986 ficou no comando do jornal.

Também conhecido como Zéloi Neto, o atual editor do Portal Mais Um Online e Acadêmico da Academia Patrocinense de Letras viveu no jornal a transição da tipografia para o off-set que ocorreu em 1991 e a terceira mudança no logo principal da Gazeta de Patrocínio, e a gerenciou até meados de 1994, no qual o bastão foi passado para o Luciano Jaber Capuano Santos, sobrinho-neto de Sebastião Eloi.

Luciano Capuano ficou à frente da empresa durante quinze anos e viu o jornal sair do preto e branco, ser impresso em impressão duas cores a partir de 1996 e após 2007 algumas páginas das edições serem impressas em quatro cores, até que em 13 de março de 2009 houve a junção das marcas do Jornal Gazeta de Patrocínio e da Gráfica Real.


“Considero que tudo que está acontecendo como uma evolução empresarial e comunicativa. Para que sejamos uma metamorfose ambulante, num paradigma com a máxima do filósofo contemporâneo Raul Seixas, é preciso sempre nos ‘reinventarmos’. Deixar que a casca dura, estática dos anos se desprenda para surgir uma nova roupagem. Assim está sendo feito para com este veículo de comunicação, que ultrapassa a barreira dos tempos.”

 Luciano Jaber Capuano Santos, ex-diretor-proprietário.


Após a união das marcas, o então advogado Luciano Capuano ficou no comando interno do jornal até que após um tempo o Maurício Cunha, também proprietário da Gráfica Real, compra a parte de Luciano na sociedade e está até atualmente na direção do jornal.

Entre os anos de 2011 e 2012 o jornal foi distribuído nas quartas e sábados, no entanto a ideia não vingou, mas o design das páginas e do logo criado em 2012 permaneceu e é o que pode ser visto nas páginas impressas semanalmente nos atuais jornais Gazeta de Patrocínio.

Publicidade
no Facebook