O jornal que todo mundo lê
Publicidade
Colunas
12/12/2018 - 10h37
APONTAMENTO – COMEMORAÇÕES DE FINAL DE ANO

Por Brígida Borges


No final de ano as comemorações, confraternizações, homenagens se multiplicam em nossas vidas e o “pagar mico” muitas vezes seria inevitável se as pessoas fossem mais cuidadosas consigo mesmas.
Vejamos alguns itens que deveríamos respeitar:


- Se você recebeu o convite com a confirmação de presença (RSVP), responda! Além de ser educado para com quem convida é uma colaboração para o bem estar dos convidados com todos assentados, previsão de consumo na medida, ambiente acolhedor e agradável.

- Se você confirmou presença, compareça! É deselegante dizer que vai e deixar de fazê-lo a não ser por motivo de força maior.

- Observe horário estipulado no convite, e respeite... Se precisar chegar atrasado/a, entre com discrição e desculpe-se com quem o/a convidou.

- Cuidado com os trajes. Se o mesmo não tiver sido especificado no convite, não vá com uma produção de tapete vermelho, mas, também nem tão relapso/a como se desdenhasse do evento. Evite estrelismos e aberrações nas escolhas de trajes, calçados, acessórios, cabelos, maquiagens e perfumes. Lembre-se que tudo que é demais, passa... em elegância a premissa é que “o menos é mais”!

- Quem leva crianças a esses ambientes, precisa se preocupar com elas, pois o ambiente está preparado para a convivência e trânsito de adultos (a não ser quando quem recebe cria o espaço kids), não existem trocadores em todas as casas de festas, não existem alimentos adequados para crianças...

- Se levar criança ao evento, saia imediatamente com ela se ocorrer choro, para não tirar o foco da reunião de adultos que se confraternizam, até que tudo se acalme.

- Ao postar imagens da festa alheia no instagram, twitter, facebook e outras redes sociais, lembre-se da sua responsabilidade sobre essas imagens!

- Quando a decoração está muito bonita ou se a sua necessidade de registrar o local em que está o/a faz buscar um ângulo para fotos posadas, cuidado para não cercear ao trânsito dos demais convidados pois isso significa desrespeitar quem te convidou, tumultuar o momento e criar impasses desnecessários.

- A iniciativa de preparar surpresas para o evento, sem consultar quem te convidou, pode ser uma ideia perigosa e inadequada.

- Onde existem convidados com necessidades especiais, cabe informar aos gestores do evento para tomar as medidas adequadas a cada caso.

- Lembranças, são mimos que às vezes se prepara para os convidados. Quando são feitos esses mimos, geralmente são pensados um para cada convidado/a. Levar uma lembrança para quem não está presente, ou não foi convidado, não é de bom tom e vai prejudicar os convidados que saem depois (mais uma razão da importância da confirmação de presença)...

- Fazer "reserva especial" de doces para levar, é inadequado! Tudo o que faz parte da festa, foi colocado alí para ser consumido. Nada foi feito para "viagem"...

- O mesmo se diz sobre levar detalhes da decoração, arranjos de mesas, flores... Aquelas peças bonitas que fazem parte da decoração, pertencem aos decoradores, não podem ser levadas como lembranças. Caso isso ocorra, os anfitriões terão que reembolsar o decorador posteriormente.

- Pedir músicas ao DJ, não funciona. Afinal, o contratante e o contratado já selecionaram antecipadamente o que será tocado para animar a festa e, melhor ainda, o "que não deseja" que aconteça...

- Usar festa alheia como evento de marketing, é grosseiro com quem te convidou. Nada de espalhar cartões de visita em mesas e aparadores do evento, cada coisa no seu lugar e no tempo devido.

- Falando nisso, tudo tem o momento certo de acontecer. Existe um cronograma planejado entre quem organiza e os prestadores que os assiste. Aguarde o andamento do cronograma.

- Normalmente e para o bom andamento de tudo, existe um profissional responsável pelo evento; terceiros não podem e não devem alterar o que foi planejado.

- Pedir para ser convidado/a ou pedir convites extra para incluir amigos que não fazem parte da lista de convidados é completamente sem noção!


Comporte-se como um verdadeiro/a CONVIDADO/A e dê motivos para ser convidado/a outras vezes. Adapte-se à festa alheia e faça a sua festa, do seu jeito, quando chegar seu momento!



Confira Também


Publicidade

no Facebook