O jornal que todo mundo lê
Publicidade
Saúde
15/10/2019 - 15h49
Semana Municipal de Prevenção e Combate ao Câncer Bucal é lançada
Neste ano a semana ocorrerá entre os dias 4 a 8 de novembro
Foto: ASCOM PMP.

Por ASCOM PMP


Foi publicada na quarta-feira dia 9, a Lei Nº 5.056 que institui em Patrocínio a Semana Municipal de Prevenção e Combate ao Câncer Bucal. Neste ano a semana ocorrerá entre os dias 4 a 8 de novembro. Ontem (14), no auditório da ACARPA, aconteceu o lançamento da campanha que passa a integrar o calendário oficial de eventos no âmbito da saúde no Município e visa promover atividades de educação aos profissionais para auxiliar na detecção precoce da doença.

O secretário municipal de Saúde, Humberto Donizete Ferreira (Bebé), contou que o projeto, organizado em parceria com a Regional Patrocínio da Associação Brasileira de Odontologia, existe devido ao grande número de casos constatados na região.

"Infelizmente tivemos várias incidências desta doença em nossa região, por isso, é uma doença que precisa ser observada e agora com ela instituída por lei, a prevenção entra no calendário como uma política pública e aproveitando a observância do Outubro Rosa e do Novembro Azul nós estamos dedicando também a este tema para que as pessoas possam refletir sobre a importância desta prevenção", pontuou.

Para Coordenador da Saúde Bucal da Secretaria Municipal de Saúde, Ronaldo Elias, a campanha é essencial na detecção precoce de casos de câncer bucal o que é essencial no tratamento.

“Junto com os agentes comunitários de saúde e a equipe de saúde bucal nós iremos distribuir em todas as residências do município um panfleto autoexplicativo, orientando sobre o diagnóstico de câncer de boca, e, além disso, estamos tendo a capacitação dos nossos agentes para realizarem a captação destes pacientes para as nossas unidades básicas de saúde, temos certeza que a prevenção é a melhor maneira de resolver este problema e realmente salvar vidas”, explicou o coordenador.

Ronaldo Elias ainda contou que desde a última quinta-feira (10) os agentes de saúde do Município estão recebendo capacitações sobre o tema.

O câncer de boca atinge em maior incidência pessoas que fazem uso contínuo de tabaco e álcool, portadores de próteses totais e removíveis e que apresentem algum fator traumático nos dentes como, por exemplo, dentes cariados e pontiagudos e restaurações fraturadas. A má higiene bucal e exposição contínua ao sol sem uso de protetores, também são fatores de risco.



Confira Também


Publicidade

no Facebook